Chapada dos Veadeiros

*GEOLOGIA:
Aqui na Chapada dos Veadeiros está o mais antigo patrimônio geológico do continente com quase 2 bilhões de anos. A região, que possui a maior porção do cerrado contínuo do mundo preservando a biodiversidade, também é conhecida como “Berço das Águas” devido aos seus imensos paredões de onde brotam nascentes de águas cristalinas que se juntam formando rios e cachoeiras e que abastecem importantes bacias do continente Sul Americano.
Sem contar que a região fica em cima de uma imensa placa de cristal de quartzo o que, segundo a NASA, faz com que essa região seja uma das mais luminosas do planeta, quando vistas do espaço.

*FLORA E FAUNA:
Por estar localizada no planalto central o cerrado prevalece na região, porém sua flora é bastante variada, podendo-se encontrar uma grande variedade plantas de diferentes espécies como: Veredas de Buritis (Mauritia flexuosa), matas ciliares e plantas típicas de campos de altitude como Cagaita (Eugenia dysenterica), canela-de-ema (Vellozia squamata), Lobeira ou Fruta-de-lobo (Solanum lycocarpum), Guaçatonga (Casearia sylvestris), Pequi (Caryocar brasiliense), Jatobá-do-cerrado (Hymenaea stigonocarpa), Velame-branco (Macrosiphonia velame), Mama-cadela (Brosimum gaudichaudii), Indaiá (Attalea dubia), Araticum (Annona crassiflora), o barueiro, do precioso baru (Dipteryx alata), bromélias, orquídeas e também variedades brasileiras como Pequi Roxo, Aroeira, Jerivá, Tamanqueira, Copaíba e Babaçu.
Já a fauna a região abriga lobo-guará, cachorro do mato, raposa do campo, capivara, tapiti, veado campeiro, anta, tamanduá bandeira, tatu canastra, além das aves carcará, tucano, papagaio, arara Canindé, ema, seriema (ou siriema), tucano do bico verde, urubu rei, pato mergulhão ou pato merganso.

*HISTORIA:
Os primeiros habitantes dessa região foram os índios. Em seguida, aproximadamente em 1592, os bandeirantes começaram a explorar a região em sua busca pelo ouro e pedras preciosas, formando as primeiras vilas e arraiais. Os bandeirantes trouxeram consigo os escravos negros e muitos conseguiram fugir e se esconder nas montanhas da região, formando uma comunidade isolada conhecida como “Kalunga” que até hoje existe ao norte do município de Cavalcante.
Em 1750 iniciou-se a pecuária na região seguida pela plantação de café e trigo na fazenda do Sr. Francisco de Almeida, que também era conhecida como “Fazenda Veadeiros”.
Já em 1912 foi descoberta a primeira jazida de cristal de rocha da região e com isso iniciou-se a exploração pelo garimpo e sobreveio a fundação do Povoado de São Jorge. O garimpo, no entanto, não durou muito ali.
Em 1957 a região foi ocupada por místicos e pessoas que estavam cansadas da rotina de grandes centros urbanos e procuravam paz e espiritualidade e um dos motivos é que o paralelo 14 que atravessa Machu Picchu também passa em Alto Paraíso no Jardim Zen.
O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi criado em 11 de novembro de 1961, porém o nome do parque era Parque Nacional do Tocantins e abrigava cerca de 625 mil hectares de área protegida. Em 11 de maio de 1972 a área do parque foi reduzida a 171.924 hectares e em 1981 foi novamente reduzida para 65 mil hectares e foi adotado o novo e atual nome de Parque Nacional Chapada dos Veadeiros.
Em 2001 a região foi reconhecida como Sitio do Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO.

*GEOGRAFIA:
A Chapada dos Veadeiros possui uma área total de 15.267km2 e está localizada no nordeste do Estado de Goiás abrangendo 6 municípios: Alto Paraíso de Goiás, São Jorge, Colinas do Sul, São João D’Aliança, Teresina de Goiás e Cavalcante. Abriga o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros com uma área de 65 mil hectares e reconhecido como Patrimônio Natural Mundial pela UNESCO. .
* Alto Paraíso: é a cidade com mais estrutura de hospedagem, bancos, restaurantes e bares. As cachoeiras mais próximas são Loquinhas, Caratas dos Couros, Sertão Zen e Rio Macaquinhos .
* São Jorge: também conta com estrutura de restaurantes, bancos, bares e uma vida noturna mais diversa e variada, com mais agito principalmente aos finais de semana, feriados e festivais. São Jorge é a cidade mais próxima do parque nacional (podendo-se ir a pé a partir da pousada), também ficam próximos o Vale Lua, Almecegas e Raizama. No parque temos os famosos Saltos do Rio Preto, Cânions e Cariocas entre outros atrativos.
* Colinas do Sul: Não tem estrutura de hospedagem e bares, por isso as pessoas visitam seus atrativos e voltam para dormir em São Jorge ou Alto Paraíso. Em Colinas do Sul estão localizados importantes atrativos como Pedra Bonita, Encontro das Águas e o Éden Águas Termais.
* São João D’Alliança: é o primeiro município da Chapada dos Veadeiros para quem vem de Brasília e por isso é conhecido como o Portal da Chapada, porém suas cachoeiras são as menos conhecidas. Algumas delas são Cachoeira do Cantinho, Cachoeira do Éneias, Cachoeira do Ribeirão, Cachoeira de São Pedro, Cachoeira de São Cristovão, Cachoeira São Mateus, Cachoeira do Label e Serra Geral do Paranã. Mesmo tendo uma estrutura razoável de hospedagem as pessoas que visitam as cachoeiras de São João D’Aliança costumam seguir para Alto Paraíso ou São Jorge.
*Teresina de Goiás: é o município mais jovem da Chapada dos Veadeiros com muitos atrativos, porém não muito explorados. Os principais atrativos dessa região são a Cachoeira Poço Encantado, Cachoeira das Almas e Cachoeira Taquara entre outros. Ainda não tem uma estrutura boa de hospedagem e quem visitas suas cachoeiras costuma dormir em Cavalcante.
* Cavalcante: é o município mais velho da Chapada dos Veadeiros e abriga cerca de 60% da área do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, com altitudes que variam de 360m a aproximadamente 1.600m. Em outras épocas foi o maior exportados de trigo do país.
Aqui estão as cachoeiras com a coloração mais clara como a Cachoeira da Capivara, Rio da Prata, Veredas entre outras, além da mais famosa da Chapada que é a de Santa Bárbara.

*HOSPEDAGEM:
Alto Paraíso: possui uma grande variedade hoteleira desde os hotéis mais renomados da região como Casa da Lua e Pousada Maya, passando por intermediários como a Casa Rosa e Recanto da Grande Paz, até os mais simples, porém confortáveis, como Pousada Veadeiros e Pousada Portal do Beija Flor.

São Jorge: também conta com uma variedade grande de hospedagem, sendo que os melhores hotéis são a Pousada Baguá e a Pousada Casa das Flores, seguidos pelos intermediários como Pousada Bambu Brasil e Pousada Cristais da Terra, até os mais simples, porém confortáveis como Pousada Trilha Violeta.

Cavalcante: Trabalhamos com a Pousada Sol da Chapada que se é uma pousada simples e confortável, localizada bem no centro da cidade.

*COMO CHEGAR:
- O parque Nacional da Chapada dos Veadeiros está localizado a 250km ao norte de Brasília e a 470km ao nordeste de Goiânia, por isso o ideal é sempre optar por voos que cheguem em Brasília.
Trabalhamos com traslados de Brasília para Alto Paraíso ou São Jorge dentro dos nossos pacotes com dias e horário fixos de saída. Consulte o nosso atendimento.

*LOCALIZAÇÃO:
- O parque Nacional da Chapada dos Veadeiros está localizado a 250km ao norte de Brasília e a 470km ao nordeste de Goiânia.

De Brasília para Alto Paraíso são 230km, para São Jorge são 257km, para Cavalcante são 310 km, para Colinas do Sul são 292km, para São João D’Aliança são 154km e para Teresina de Goiás são 316km.

De Alto Paraíso para São Jorge são 32km, para Cavalcante são 109 km, para Colinas do Sul são 66km, para São João D’Aliança são 89km e para Teresina de Goiás são 114km.

De São Jorge para Cavalcante são 125 km, para Colinas do Sul são 35km, para São João D’Aliança são 104km e para Teresina de Goiás são 130km.

De Cavalcante para Colinas do Sul são 159km, para São João D’Aliança são 157km e para Teresina de Goiás são 51km.

De Colinas do Sul para São João D’Aliança são 138km e para Teresina de Goiás são 164km.

De São João D’Aliança para Teresina de Goiás são 168km.

*ATRATIVOS:
- A região conta com uma infinidade de atrativos como grutas, cânions, morros, vales, cachoeira, rios e lagoas. Os principais nomes de famosos atrativos são:

- Morro da Baleia e Jardim de Maytreia: ficam na estrada que liga Alto Paraíso a São Jorge e é um dos cartões postais da Chapada; muito fotografado, principalmente ao pôr do sol, quando as cores do céu e da paisagem se misturam. Aqui você encontra campos de flores, veredas, e buritis, além do famoso Morro da Baleia ao fundo. Nível fácil de caminhada.

- Cânion I e II: atrativo que fica dentro do Parque Nacional e não é necessário contratar guia para realizar este passeio. São no total 14km de caminhada (ida e volta) em trilha bem demarcada com placas indicando a direção. Nível moderado a difícil de trilha.

- Cariocas: atrativo que fica dentro do Parque, essa cachoeira tem10m de altura e uma praia de areia grossa, ideal para quem quer curtir o sol às margens das piscinas naturais. Esse passeio geralmente é realizado junto com os Cânions. Nível moderado a difícil de trilha

- Seriema: atrativo que também fica dentro do Parque, é a trilha mais fácil e rápida: são apenas 1h30 (ida e volta) de uma caminhada de 800m de extensão e só é possível ser realizada na época de chuvas. Ideal para ir com crianças, idosos e gestantes. Nível fácil de trilha

- Saltos do Rio Preto: também dentro do Parque e um dos seus famosos cartões postais, a trilha e as quedas dessa cachoeira são de grande beleza. São no total 12km, em que a primeira queda, com 120m de altura, é somente para contemplar, mas já na segunda, com 80m de altura, é possível tomar banho. Nível moderado a difícil de trilha

- Vale da Lua: é um dos mais famosos atrativos, reconhecido não só no Brasil, por diversas matérias e reportagens devido às formas do relevo rochoso. Embaixo dessa rocha que nos remete ao solo lunar passa o Rio São Miguel, onde numa parte é possível tomar banho. São 900 metros de trilha e o nível é classificado como fácil.

- Raizama: Passeio fácil de ser realizado, com um circuito de aproximadamente 2km de caminhada e conta com uma hidromassagem que desce de um cânion com um pouco mais de 100m de extensão e que em alguns pontos tem mais de 50m de profundidade. A trilha segue percorrendo o cânion, parando-se em deliciosas piscinas naturais. Nível fácil de trilha.

- Morada do Sol: Ideal para família com crianças, idosos e gestantes, a trilha tem km e o nível é fácil. São pequenas cachoeiras com piscinas em seu entorno onde é possível tomar um delicioso banho. Esse atrativo é próximo a outro que se chama Vale das Andorinhas. Nível fácil de trilha.

- Encontro das Águas: é o encontro dos Rios Tocantinzinho e São Miguel, ideal para família, gestantes, crianças e idosos, com acesso por uma caminhada de uns 10 minutos até uma deliciosa praia de rio para banho. Nível fácil de trilha.

- Cachoeira do Segredo: uma das cachoeiras mais bonitas e próximas a São Jorge, esse espetáculo é acessível através de uma trilha de 8km cruzando o Rio São Miguel e o Rio Segredo (na época de seca pode ser até 4km de caminhada) e durante o caminho é possível tomar banho em algumas piscinas naturais que se formam. Nível difícil de trilha.

- Abismo: com vista para o Parque Nacional e o norte da Chapada dos Veadeiros, essa região conta com piscinas naturais e algumas quedas pequenas. Caminhada de nível médio e em torno de 40 minutos a partir do mirante do por do sol. Nível médio de trilha.

- Janela: é um local perfeito para contemplar as vistas do Parque Nacional e tem uma vista perfeita para os Saltos do Rio Preto que pode ser visto de frente proporcionando uma foto perfeita. São 8km de trilha ida e volta. Nível moderado a difícil de trilha.

- Água Quente: é uma piscina artificial que se forma a partir de uma mina de água quente. Ideal para famílias, idosos, crianças e gestantes ou para quem quer relaxar depois de uma caminhada no final do dia ou à noite. A temperatura media é de 25° a 30° C. Nível fácil de trilha.

- Almécegas I e II: ambas estão localizadas na Fazenda São Bento, sendo a Almécegas I a maior cachoeira desse complexo, com 45 metros de altura (a queda parece um véu de noiva) e onde se pode praticar rapel com suporte de equipe especializada. Já a Almécegas II tem com 8 metros de altura e uma piscina natural deliciosa para banho. Ambas apresentam uma colocação linda da água cristalina e esverdeada. Nível fácil a moderado de trilha.

- São Bento: pode ser conjugada com as Almécegas I e II por estarem as três na mesma fazenda. Essa cachoeira tem 8 metros de altura e um delicioso poço para banho. Aqui é realizado o famoso polo aquático em águas correntes (setembro ou outubro) e é ideal para famílias, idosos, crianças e gestantes. A caminhada é de aproximadamente 3km. Nível fácil de trilha.

- Água Fria: aqui você pode observar o Vale do Moinho; são duas quedas sendo que a primeira delas tem com 50m de altura e é ideal para a prática de canionismo e rapel porque logo após a cachoeira o rio desce num vale numa negativa de 90m de altura. Nível fácil de trilha.

- Cachoeira dos Cristais: um complexo com várias quedas, sendo a primeira delas o Poço da Vovó, que é um poço junto a uma aérea verde para “curtir uma preguiça”. A ultima e maior queda é a Cachoeira Véu da Noiva. As águas cristalinas são bastante cristalinas em todas as quedas. Nível fácil de trilha.

- Macaco: complexo de cachoeiras e cânions com aproximadamente 100m de altura, passeio ideal para se dormir em camping para curtir mais o tempo. Esse complexo é visitado num roteiro junto com o Sertão Zen e Moinho e é possível realizar cannionismo. Nível difícil de trilha.

- Macaquinho: complexo de cachoeiras, poços com paredes de quartzito. As cachoeiras mais conhecidas são Cânion da Pedra Furada, Cachoeira da Caverna e Cachoeira Dois Saltos. Nível moderado de trilha.

- Cataratas do Couro: conjunto de cachoeiras, piscinas e cascatas. Uma das mais belas cachoeiras da região. A trilha inicia com 800m até a Cachoeira da Muralha que tem uma queda de 20m de altura e um delicioso poço para banho; de lá se segue em mais 1km de caminhada até a queda batizada como Almécegas 1000 e seguindo por mais 1km você chega na terceira e última queda. Nível moderado de trilha.

- Anjos e Arcanjos: são duas cachoeiras localizadas no Moinho que contam com deliciosos poços para banho. Nível moderado de trilha.

- Loquinhas: são 7 quedas com águas esmeralda, de beleza única. Trilha de fácil acesso e quedas pequenas, poços rasos, por isso ideal para família, idosos, gestantes e crianças. Nível fácil de trilha.

- Sertão Zen: é um dia contemplando a bela paisagem para ganhar no final da longa caminhada uma vista espetacular de cima de uma Cachoeira de 150m de altura para os paredões de quartzito. A caminhada tem aproximadamente 7 horas de duração (15km). Nível difícil de trilha.

- Poço Encantado: um poço de fácil acesso e ideal para família, idosos, gestantes e crianças. Conta com uma estrutura de lanchonete no local e o acesso é realizado por uma ponte pensil até o poço. Nível fácil de trilha.

- Cachoeira Santa Barbara: Sem duvida a cachoeira mais bonita da região, com 30m de altura e um poço para banho com águas verde esmeralda. Caminhada de aproximadamente 10km ida e volta. Nível fácil a moderado de trilha.

- Cachoeira Capivara: Possui águas cristalinas e um delicioso poço para banho, sem mencionar que suas águas são as mais quentes da Chapada para banho. Ideal para família, idosos, gestantes e crianças. Trilha de 2km ida e volta e nível fácil.

- Ponte de Pedra: é um indescritível arco natural de pedra com aproximadamente 30m de altura sobreo Rio São Domingos. Havendo interesse pode-se subir no arco para contemplar a paisagem do limite da Chapada. A caminhada é pesada com 7km. Nível médio a difícil de trilha.

- Rio Prata: é um dos passeios imperdíveis de Cavalcante. São sete quedas dentro do complexo sendo a menor delas com 7m de altura e a maior com 20m, todas com águas esverdeadas e cristalinas. A trilha é de 16km ida e volta, sendo necessário atravessar rio em alguns trechos. Nível moderado a difícil de trilha.

TERRA RONCA:

Trata-se do Parque Nacional de Terra Ronca criado em julho de 1989 com 57 mil hectares em média e considerado o maior Parque em quantidade de cavernas e grutas da América Latina. Muito visitado por aventureiros, espeleólogos, turistas e amantes das cavernas. Está localizado em Guarani de Goiás e São Domingos, a aproximadamente 400km de Brasília. A região abriga aproximadamente 300 grutas (a maioria ainda não foi mapeada).
A região tem uma rica vegetação composta por Cerrado, Cerradão, Matas de Galeria e Veredas e também conta com uma biologia bem variada com diversas espécies de aves e mamíferos.
Rios e Cachoeiras também compõem este paraíso, por isso é possível ao se visitar as cavernas, dar uma parada e aproveitar para um banho.
Dentro da grande variedade de cavernas as mais famosas são:
- Terra Ronca, que originou o nome do parque e conta com enormes salões.
- São Mateus, é a maior caverna do Brasil e conta com uma rica diversidade de espeleotemas.
- Angélica, com uma travessia de 7h por uma imensa galeria subterrânea.
- São Bernardo/Palmeira, que fascina a todos com seus salões com formação peculiar de dois rios dentro da caverna.

A hospedagem é na Pousada São Matheus em São João. Simples e confortável.

*ROTEIROS:
- A Chapada conta com uma diversidade enorme de roteiros, desde pacotes leves, com caminhadas para crianças e idosos a trekkings que podem sempre ser formatados totalmente sob medida. Para se ter uma real sensação de que conheceu bem a região o ideal é dedicar 8 dias somente na Chapada (claro que faltará muitos atrativos, por isso o ideal é voltar para realizar novos passeios).

Pacotes

Ate Dezembro de 2018 | 5 dias
a partir de R$ 2.056,00
Nacional
Até Dezembro de 2018 | 4 dias
a partir de R$ 1.530,00
Nacional
Saídas 30/05, 05/09, 10/10, 31/10 e 14/11/2018 | 5 dias
a partir de R$ 2.137,00
Nacional
Férias e Feriados
Saídas 31/05, 06/09, 11/10, 01/11 e 15/11/2018 | 4 dias
a partir de R$ 1.592,00
Nacional
Férias e Feriados
Até Dezembro de 2018 | 5 dias
a partir de R$ 1.645,00
Nacional
Até Dezembro de 2018 | 8 dias
a partir de R$ 2.756,00
Nacional
Até Dezembro de 2018 | 8 dias
a partir de R$ 3.293,00
Nacional
Saídas 27/05, 02/09, 07/10, 28/10, 11/11/2018 | 8 dias
a partir de R$ 3.470,00
Nacional
Férias e Feriados
Até Dezembro de 2018 | 5 dias
a partir de R$ 1.986,00
Nacional
Até Junho de 2018 | 8 dias
a partir de R$ 4.098,00
Nacional

Melhor Época

- A época ideal para se conhecer a Chapada é de maio a outubro que é tempo de seca na região. A temperatura média é de 21° a 26° C.
- Durante os meses de maio/junho e de setembro/outubro é a época em que floresce a maior quantidade das conhecidas “Flores do Cerrado” que são típicas da região e realmente lindas.

Dicas

- Legal sempre ficar atento ao calendário festivo da Chapada, já que em algumas datas a cidade fica mais cheia e a confirmação de viagens e passeios é mais difícil, além estar menos sossegada do que se tem em datas normais, o que para alguns é ótimo mas para outros pode ser um problema. Segue o calendário anual (lembrando que o ideal é consultar-nos sobre a data):
• Dia Reis, geralmente acontece dia 06/01, festa para homenagear os três reis magos.
• Dia de São Sebastião, acontece dia 20/01 em Cavalcante e São João D’Aliança.
• Dia de São Jorge, acontece em abril e geralmente a festa é de uma semana (geralmente na semana que pegue a data do dia 22/04) - pode ter eventos e noite agitada com festas.
• Dia 01/06 aniversário de Teresina de Goiás, geralmente acontece muita festa na região.
• Festas Juninas em todas as cidades, cada uma com uma data diferente para se poder aproveitar as comemorações.
• Em julho acontece o festival de inverno principalmente em São Jorge, podendo haver outras festas em outras cidades, porém o foco mesmo é em São Jorge e geralmente ocorre na segunda quinzena do mês.
• Em setembro ou outubro é realizado o campeonato de polo aquático em águas correntes.
• Dia 11/11 aniversário da Cidade de Cavalcante, geralmente acontece muita festa na região.
• Dia 12/12 aniversário de Emancipação de Alto Paraíso, geralmente acontece muita festa na região.

*VIDA NOTURNA:
- a vida noturna é igual a qualquer cidade turística, com bares (com músicas ao vivo), restaurantes e um agito maior aos finais de semana, principalmente nas cidades maiores.
- na Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge (em São Jorge), rola muito forró aos finais de sema

Reserva Pacotes

BreadCrumbs Localidade